TOP
Diário

Quase de Volta, Meu Nome Não É Johnny

Ontem eu cheguei em casa crente que eu ia sentar no meu pc, escrever um post no bloco de notas, salvar no pendrive e trazer pra postar do trabalho hoje, já que meu pc foi consertado, porém eu ainda estava sem speedy em casa pq o modem queimou. Mas para minha surpresa, no final da tarde o modem novo chegou! Eu toda feliz, achando que ia postar de verdade e ver tudo que eu não posso ver do trabalho por ser bloqueado. Ah, que inocência a minha! Lógico que ia dar algum problema e eu não ia conseguir conectar né?
Então cá estou, escrevendo o post do trabalho mesmo…

Estou bem obrigada, pena que quando eu fico assim muito tempo sem postar, acabo até me esquecendo o que eu fiz e é contável… rs
Bom… o que eu me lembro desses 15 dias offline:

– Fui na Liba com a minha tia e fiz a festa… Comprei várias coisas pra cabelos e todos os pincéis de maquiagem da Klass Vough que eu tinha direito;
– As férias acabaram e eu voltei pro tronco;
– Fui no McDonald´s, peguei a Pucca e o Garu;
– Assisti Deja Vu;
– Comecei a fazer caminhadas no final de tarde com o Diego… mas nos últimos dias já não fomos, por causa dessa chuva (veja bem, a culpa é da chuva!);
– Descobri a melhor pizzaria de Guarulhos, que faz uma pizza igualzinha a da Pizza Hut bem mais barato;
– Comprei roupitchas. Entende-se aí: Andei por 3 shoppings pra achar uma calça que servisse em mim;
– Atingi o peso que eu queria, mas agora descobri que não pra ser exatamente o que eu queria, ainda falta pelo menos 1kg;
– Vi no cinema o comercial da Coca com um cara que eu jurava que era o Prabhu Deva, mas a JuMary me contou a verdade =( ;
– Descobri um hidratante ótimo pro rosto, que ainda contém filtro solar (eu não fico um dia sem filtro solar no rosto);
– Estou contando os dias pro carnaval.

MEU NOME NÃO É JOHNNY [rating: 4]
meunomeSinopse: João Guilherme Estrella (Selton Mello) nasceu em uma família de classe
média do Rio de Janeiro. Filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico e frequentou os melhores colégios, tendo amigos entre as famílias mais influentes da cidade. Carismático e popular, João viveu intensamente os anos 80 e 90. Neste período ele conheceu o universo das drogas, mesmo sem jamais pisar numa favela. Logo tornou-se o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em 1995. A partir de então passou a frenquentar o cotidiano do sistema carcerário brasileiro.

O que eu achei: Os filmes brasileiros estão melhorando, e muito! Esse aqui é o oposto de Tropa de Elite… Você torce pelo traficante! Pelo menos eu fiquei com dó quando ele foi preso (!). O Selton Mello é incrível no papel do João Guilherme, e o filme tem umas passagens muito engraçadas, como quando ele viaja pra Europa e depois na cadeia, traduzindo a conversa dos presos… Vale a pena ir até o cinema!

Paula Belotti

Consultora de Imagem e Blogger, vivendo em Guarulhos-SP com uma gata-filha chamada Marie ♥ Moda, beleza, gatos, viagens, sorvete, sushi e blueberries, mas não tudo junto.

«

»

7 COMENTARIOS
  • Renata
    13 anos ago

    O fato de o traficante acabar como o bonzinho do filme foi exatamente o que eu menos gostei 🙂 rs.
    Que bom que conseguiu colocar seu pc de volta à ativa!
    Beijos!

  • Rissa
    13 anos ago

    Eu n fiquei com dó dele naum, ta certo que ele era uma boa pessoa, mas mesmo não matando ninguém o pó que ele vendia de alguma maneira estava indo pra mãos de bandidos e fazendo outras pessoas entrarem no vicio… como o Capitão Nascimento diz: Esses playboys filhos da p*** da Zona Sul que ficam financiando a droga e trafico.
    Grr… odeio babacas….suhsauassa… e ele era um, o cara tinha de tudo e começou a fumar por onda de amigos, isso é ter muita cabeça fraca!

    Bju =**

  • *Lusinha*
    13 anos ago

    Nossa, eu nem lembrava mais do filme Deja Vu, um que eu sempre quis assistir. Espero não esquecer desse Meu Nome não é Johnny também… 😉
    Bjitos!

  • Mari
    13 anos ago

    Concordo com você… os filmes brasileiros estão ficando cada vez melhores… Eu estou louca para ver este… só ouvi comentários bons a respeito!

    Beijos Flor =***

  • Hanny Meire
    13 anos ago

    Ainda não vi esse filme mas estou louca pra ver ! BJS!

  • Dafne
    13 anos ago

    AI é realmente muito chato ficar sem internet e ter que depender de outro pc para visitar os sites que gostamos! Tomara que esse problema se resolva logo.

    Estou doida para assistir Meu Nome não é Johnny. Li o livro quando nem sonhavam em fazer o filme e achei muito legal, sem contar que fui a uma palestra sobre o Livro com o autor e o João e eles dois são fantásticos! ^^

    Beijos

  • Vy
    13 anos ago

    O modem do Speedy chega muito rápido! Bom, pelo menos quando assinamos eu achava que ia demorar bem mais!

    Hoje em dia sempre que olho pra um pincel de maquiagem lembro de você, hahaha! Ainda não experimentei passar nada liquido com um, mas vi um video que fez a coisa parecer tão fácil!!!

    O povo tem falado tanto dos filmes Brazucas, mas não tô me sentindo compelida a ve-los… Vi Tropa de Elite só porque todo mundo tava comentando, nem achei tudo isso… Quero ir ver filme de menininha besta, tipo PS I love you=P

    Bjos

o que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Como editar para o Instagram Stories
DIY: Porta Celular
Méliuz: Como receber dinheiro de volta
Insert diário para planner personal