Traveler’s Notebook

25 de Janeiro de 2016 | Por Paula B
Freedom Fry - Summer in the City

Eu já falei algumas vezes aqui no blog sobre Filofax e ele continua morando no meu coração. Mas últimamente eu tenho me apaixonado cada vez mais por um outro sistema de anotações, digamos assim: o traveler’s notebook.

O sistema de traveler’s notebook é totalmente customizável, então dá pra usar do jeito que você bem entender – como planner, bloco de anotações, journal, etc.. A marca mais famosa é a japonesa Midori, mas tem várias outras marcas, principalmente artesanais, que fazem capas e cadernetas compatíveis. Mas pra mim a maior graça mesmo é que você mesmo pode fazer o seu! Dependendo do material que você escolher não é difícil fazer a capa, eu já fiz algumas para mim e faço até as cadernetas com o miolo personalizado para atender as minhas necessidades.

traveler's notebook

Um traveler’s notebook consiste basicamente de uma capa – o original, da Midori, é de couro, mas tem uns artesanais lindos em tecido e você pode fazer o seu praticamente de qualquer material mais resistente, como plástico ou até EVA. Dentro dessa capa, preso por elásticos, vão as cadernetas e bolsos que você queira adicionar. Simples assim!
Originalmente eles são feitos em dois tamanhos: o regular mede 22×12,5 cm e o passport 13,5×10 cm (as cadernetas internas são do tamanho de um passaporte), mas é bem comum achar também marcas que vendam um tamanho intermediário, um pouquinho maior que o passport, que é compatível com as cadernetas da Moleskine (Cahier Pocket) e da Field Notes, e algumas também fazem tamanho A5.

Sobre os refis: A galera já deu um jeito de carregar seus TNs com todo tipo de acessório possível – além das cadernetas, você pode colocar bolsos plásticos com fechamento zip, bolsos para cartões, envelopes de papel (dá pra  fazer em casa!) e eu fiz até um dashboard para o meu, onde eu deixo uns post-its e clips. Tudo isso vai preso no elástico principal por outros elásticos, é difícil explicar ou mostrar com fotos, mas se vocês se interessarem pelo assunto posso gravar um vídeo mostrando como “instalar” seus refis. E como eu adoro um DYI, além de fazer a capa, eu faço meus inserts e até uso a minha Silhouette para personalizar as capas deles também.

traveler's notebook

Mas sério, é tão gostoso escrever num traveler’s notebook (ou TN para os íntimos)! O que eu mais gosto dos meus é que é tão fácil organizar e personalizar as coisas e ao mesmo tempo, parece mais fácil de manter organizado que o Filofax! O que me acompanha no dia-a-dia é um do tamanho médio, compatível com os Moleskines, e para mim funcionou melhor do que o meu Filofax Malden pois eu não tenho preguiça de carregá-lo. Mas veja bem, essa é a minha realidade e cada um tem que avaliar a sua: o meu Filofax tem quase o dobro do tamanho desse TN e normalmente eu uso bolsas pequenas. No Filofax eu acabava carregando um monte de informação desnecessária, já no TN eu levo só o essencial – agenda pessoal, calendário do blog, um espaço para anotações e alguns bolsos para papéis soltos. O resto das informações continuam morando lá no Filofax, no meu home office. Mas o TN tem um perfil mais slim, digamos – ele foi feito para ser carregado por aí.

Outra coisa que me faz preferir o traveler’s notebook é que eu não preciso remover nada para anotar alguma coisa nele. Lembra que eu comentei no post sobre o Filofax que as argolas me atrapalhavam para escrever então eu precisava remover as folhas quando tinha que fazer alguma anotação maior? Então, isso não acontece com o TN, pois como as cadernetas ficam presas por elásticos, não atrapalha em nada.

traveler's notebook

Eu também acho lindo quem usa o traveler’s notebook para a sua finalidade original: diário de viagem! Sempre vejo no instagram cada um mais lindo que o outro, decorados com lembranças de viagem… Super combina com fotos da Instax né? Ainda não fiz isso, quem sabe na próxima viagem? Ou mesmo usar como journal, pois as vezes a gente tende a esquecer um pouco das nossas viagens cotidianas né?

 


Tem 4 pessoas falando sobre o post "Traveler’s Notebook"


  • Vy disse:

    Vi a Filofax por aqui, maior facada no coração </3. Eu gosto de schedule book, é bem comum no Japão, é um caderninho que vem por mês. Mas é pra anotação minúscula (nos dias), porém consigo ter uma visão geral de como está meu calendário, literalmente, haha! Queria ter esses dons de costumização. Acho qe não faria outra coisa da vida =P

    • Paula B disse:

      Eu acho que eu passo mais tempo “projetando” e customizando/fazendo coisas do que propriamente usando! Adoro!
      Queria ver um desses schedule books, eu já comprei muito em papelaria japa, talvez já tenha até visto um desses mas não esteja associando ao nome (pq era difícil saber o nome das coisas!)

  • Olha só, não conhecia estes travelers notebook… Já tinha vista umas fotos por aí mas não entendia nada sobre ele. Achei muito bacana, pra mim seria mais útil do que um planner mini ou pocket para carregar por aí. Ou como diário de viagem como você falou.
    Adorei Paula,
    Beijos

Pin It

No Instagram 📸 @paula_belotti

No Youtube