Review: Canon Selphy

05 de Fevereiro de 2016 | Por Paula B
Twenty One Pilots - Stressed Out

Antigamente, quando as câmeras eram de filme, a gente só via a foto se mandasse revelar. Mas com as câmeras digitais, cada vez menos a gente manda imprimir as fotos, né? É uma pena, pois mesmo com a tecnologia, não é a mesma coisa mostrar as fotos na TV ou no celular. Depois da minha lua-de-mel por exemplo, nós mostrávamos as fotos para quem vinha aqui em casa na TV, mas depois que mandamos imprimir um fotolivro, foi o maior sucesso! Todo mundo achou lindo e dava pra levar ele pra outros lugares para mostrar. Por isso que eu vim falar de uma coisinha que eu tenho aqui casa que eu acho bem bacana: a Canon Selphy!

Canon Selphy

A Canon Selphy é uma impressora de fotos – e só de fotos! Ela é super pequena, dá pra levar pra qualquer lugar. Ela imprime pelo método de sublimação térmica: o pigmento em forma de cera é derretido na hora da impressão e aplicada a partir de um filme plástico contínuo em três passadas, uma para cada cor, com uma passada extra para o verniz (dá pra ver o papel entrando e saindo da impressora a cada passada), e a olho nu, as fotos não ficam devendo em nada para aquelas impressas em laboratório. No kit de impressão vem o papel em formato 10x15cm e a “tinta” na quantidade suficiente para o mesmo tanto de fotos, então não tem aquele perigo de acabar a tinta no meio da impressão. Aqui em casa eu tenho algumas penduradas no mural, onde bate sol todo dia a mais de um ano e elas não desbotaram. Não tem nem comparação com fotos impressas em jato de tinta!

Canon Selphy

A Canon Selphy vem com um display colorido (para ver as fotos caso você esteja imprimindo desde um cartão de memória) e se conecta ao celular por wi-fi – aliás, vale prestar atenção nisso: o modelo CP1000, apesar de mais novo, não tem wi-fi. Para mim isso é um ponto importante, e se para você também é, procure um dos outros modelos. A minha é a CP910. Também dá pra imprimir se conectando a ela por um cabo USB e ela funciona conectada a tomada ou com uma bateria que é vendida separadamente.
Uma coisa legal é que, apesar do papel ser sempre no tamanho 10x15cm, ela permite que você imprima várias fotos por folha facilmente.  Ela mesmo organiza, não precisa editar antes, então dá pra imprimir várias fotos menores, o que é bem útil para quem faz Project Life ou para usar para decorar o planner!

Canon Selphy

Com a bandeja de papel acoplada

Então qual é o defeito da Canon Selphy? Assim como o da Instax Share, é o custo por impressão: os kit de impressão para ela custam muito caro aqui no Brasil. O kit KP-108IN, para 108 fotos, custa R$199 por aqui e na Amazon sai por 30 USD. Aqui, o custo é de R$1,85 por impressão – ou seja, é mais caro do que ir imprimir em um laboratório. Mas se depender de mim para ir até um laboratório imprimir eu não vou nunca, então ela é o que funciona no meu caso.

A minha Canon Selphy 910 eu comprei na B&H Photo (na época por 99 USD) e o modelo CP1000 está disponível na loja da Canon por R$999 (Né? Só uma pequena diferença!).


Tem 2 pessoas falando sobre o post "Review: Canon Selphy"


Pin It

No Instagram 📸 @paula_belotti

No Youtube