TOP
Viagens

Ilhabela e o DPNY

Na primeira parte do post da viagem para Ilhabela, eu contei do passeio para Castelhanos. O dia seguinte nós tiramos para descansar e passamos o dia na beira da piscina, no DPNY Beach Hotel.

O DPNY é um dos únicos resorts 5 estrelas do litoral de São Paulo. Meu marido queria muito que a gente se hospedasse nele, mas como a viagem foi meio de última hora, já não tinha mais quartos disponíveis lá, então compramos o day use deles para poder ficar lá durante o dia. Para vocês terem uma idéia do quão bafônico é o lugar, ele já foi eleito uns anos atrás o Melhor Hotel de Praia da América do Sul pela Condé Nast e premiadíssimo pelo Trip Advisor.

dpny

O DPNY fica na Praia do Curral, uma das mais badaladas praias da ilha – mas que eu achei cheia demais! Chegamos e um funcionário do hotel já apareceu ao lado do carro pra atender a gente (e até ajudar com a GoPro!). O atendimento é ótimo e fomos encaminhados para a área da piscina onde ajudaram a gente a escolher um lugar para nos instalarmos no Beach Club – tem mesas, espreguiçadeira  ou camas mesmo (claro que eu quis uma tenda com cama pra mim né? rs). O day use dá acesso a essa área das piscinas e ao spa do hotel, que conta com saunas, piscina interna aquecida e jacuzzi.

dpny

A decoração do hotel é linda demais, a comida é ótima e a trilha sonora incrível! Sim, a seleção de músicas que tocam o dia todo é tão boa que eles até vendem CDs com elas! O DPNY não é um hotel para apenas dormir e depois do café da manhã sair para explorar Ilhabela, é para ficar o dia todo nele curtindo a arte de não fazer nada, além de ver se ser visto! Ah, mas não dá pra esquecer o repelente pois os borrachudos estão presentes.

dpny

No último dia em Ilhabela, como iríamos pegar a estrada na parte da tarde, resolvemos não ir muito longe. Passamos a manhã sentados olhando pro mar na Praia do Portinho, onde eu podia me manter segura longe de mais borrachudos. Depois fomos dar uma volta no centro da ilha, mas achei as coisas meio mortas por lá. Entramos em algumas lojas de artesanato pra procurar alguma coisa para o nosso cantinho de viagens (um cantinho aqui da sala onde tem várias lembranças de nossas viagens), mas achei tudo muito pobrinho, tanto a ponto de que eu não consegui comprar nada! Mas o centrinho em si é bonitinho e bem arrumado, só o comércio local que não é muito atraente.

dpny

Paula Belotti

Vive em São Paulo, é casada e tem uma gata-filha chamada Marie ♥ Moda, beleza, viagens, gatos, tech, papelaria, sorvete, sushi e blueberries, mas não tudo junto.

«

»

2 COMMENTS
  • Nicas
    2 anos atrás

    Nem sabia que existiam opções assim no Brasil, achava que era coisa só pra quem vai pro caribe & similares.
    (mas, miga, ainda tô focando nos borrachudos).

    • Paula B
      2 anos atrás
      AUTHOR

      Verdade, os borrachudos são um fator muito importante lá! Eu acho que essas opções mais luxuosas não são conhecidas aqui no Brasil pq acaba saindo mais barato ter o mesmo conforto no Caribe! Por lá esse tipo de estrutura é comum e barata, por isso a maioria opta em ir pra lá…

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




No Instagram 📸 @paula_belotti