Kowloon Walled City

18 de agosto de 2016 | Por Paula B
Soul Asylum - Runaway Train

O post de hoje não está na tag Travel Wishes pois ele não existe mais, mas até que poderia – apesar de eu ainda ter dúvidas se não ia ficar um pouco agoniada dentro dele. Sabe aquele lugar que deixa a gente meio fascinada apesar de não ter nada da beleza padrão, pelo contrário? Isso era Kowloon Walled City, um antigo distrito de Hong Kong.

Kowloon

Kowloon Walled City (ou Cidade Murada de Kowloon) era uma região de Hong Kong próxima ao aeroporto de Kai Tak que existiu até a década de 90 e ficou famosa por ser o lugar mais densamente povoado do planeta, chegando a abrigar 50 mil pessoas em um espaço de 0,3 km².

A população do lugar começou a crescer após a ocupação japonesa durante a 2ª Guerra Mundial e Kowloon ficou conhecida por seus bordéis, pontos de distribuição e açougues que vendiam carne de cachorro – sem falar na falta de saneamento do lugar né? A cidadela de mais de 300 prédios conectados virou um problema tão grande que nem o governo chinês nem o inglês queriam assumir a responsabilidade pelo lugar, até que no início da década de 90 os governos entraram em acordo e ela foi demolida.

Kowloon"

O fotógrafo canadense Greg Girard, em parceria com Ian Lamboth, passou 5 anos frequentando Kowloon e registrou como era a vida no lugar antes da demolição. Dá pra ver as fotos nessa matéria do Daily Mail ou no documentário do Wall Street Journal abaixo:

E pra mostrar que eu não sou maluca nem a única pessoa que achou esse lugar no mínimo interessante, saibam que ele já até inspirou um jogo de video game!


Tem 2 pessoas falando sobre o post "Kowloon Walled City"


  • Vy disse:

    Nossa, que lugar incrível!!! Quer dizer, não era um lugar exatamente feito pra morar e talz, mas como estudo social e arquitetônico, nossa, fiquei fascinada! Pena que não existe mais…

    • Paula B disse:

      Siiimmm, foi o mesmo sentimento que eu tive! Até fiquei meio com receio de postar sobre ele e me acharem doida – e até pq nem tem a ver com as pautas normais daqui – mas não resisti!

Pin It

No Instagram 📸 @paula_belotti

No Youtube