TOP
Viagens

Passeio de bicicleta pela Golden Gate Bridge

Nós chegamos em San Francisco quase no final da manhã depois de um vôo de umas 17 horas com escala em Detroit pela Delta e fomos direto para o hotel. Resolvemos mudar um pouco os planos iniciais e já fazer o passeio de bicicleta pela Golden Gate Bridge no dia seguinte por causa da previsão do tempo – e durante a viagem descobrimos que previsão do tempo é uma coisa que parece que não existe lá pelos lados da Califórnia!

Golden Gate

Golden Gate Bridge

Mas vamos por partes né. Chegamos no hotel – todos os hotéis que ficamos nessa viagem foram reservados pelo Booking.com – e para nossa felicidade conseguimos um early checkin grátis que foi ótimo para nos recompormos depois de um voo tão longo. O hotel foi o Super 8 Union Square, beeeeem simples e num prédio antigo, mas optamos por ele pois era barato e bem localizado. E olha, até que o atendimento era simpático e o quarto limpo, ainda que pequeno. No dia da chegada nós só andamos ali pela região central de San Francisco – vimos a Union Square, almoçamos na Cheesecake Factory (amo!), andamos pela região da Market Street e pelo shopping Westfield, tudo a pé mesmo (dá pra fazer tranquilamente!)

Golden Gate

Union Square

No segundo dia da viagem decidimos já fazer logo o tour de bike pela marina e atravessar a Golden Gate Bridge. Para chegar até a região da marina – Fisherman’s Wharf – achamos melhor pegar um Uber do que quebrar a cabeça com o ônibus. Ali da região da Union Square até o Pier 39 o Uber deu cerca de 8 dólares. Alugamos as bikes com a Blazing Saddles, uma das mais conhecidas companhias de locação de bicicletas por ali, mas tem várias empresas que fazem isso e não é difícil encontrar. O aluguel de uma bicicleta normal pelo dia todo foi $36 dólares. Bike elétrica era o dobro do valor e por isso não pegamos mas olha, se você puder bancar eu recomendo viu! Hahaha

Golden Gate

Palace of Fine Arts

Não tem muito segredo no caminho, é só continuar seguindo pela marina e quando estiver chegando mais perto da ponte vão começar a aparecer placas indicando o caminho para subir nela. Além disso, tem bastante gente indo pelo percurso, tanto de bike como a pé, então não tem muito como errar – e olha que era uma quarta-feira quando fizemos o caminho.

No caminho você vai passar perto do Palace of Fine Arts e eu super recomendo esse pequeno desvio para uma paradinha nele! Digamos que é uma praça com um coreto no meio – só que no caso o coreto aqui é uma construção em estilo grego romano com quase 50 metros de altura, com direito a colunas e um lago em volta. Vai por mim, é bem bonito mesmo!

Golden Gate

Golden Gate Bridge

Assim como na Brooklyn Bridge, há uma faixa separada para ciclistas e pedestres, que não andam junto com os carros. Mas aqui na Golden Gate Bridge ela fica bem mais próxima das faixas de carros (que passam voando pois é uma estrada né) e eu achei mais incomodo de andar. Mas o trajeto pela ponte tem uma bela vista e não é tão longo, inclusive eu preferia ter feito ele a pé para fotografar mais! Estava ventando muito mas mesmo assim não dá pra sentir a ponte balançar tanto, mas ouvi dizer que algumas vezes a ponte é fechada para pedestres e ciclistas por causa do vento forte.

Golden Gate

Golden Gate Bridge

Depois da ponte, até chegar a Sausalito é que vem a parte ruim mesmo: não tem mais ciclovia e são mais uns 15 minutos até a cidade, onde você tem que pedalar entre subidas e decidas na estrada mesmo – eu não estou acostumada a andar de bike no meio de carros e fiquei morrendo de medo! Mas a cidadezinha de Sausalito é bem fofinha mesmo – o centrinho é pequeno e dá pra deixar a bicicleta no ponto de onde sai o ferry boat e andar por ali a pé. Tem várias lojinhas e restaurantes para passear enquanto você espera o horário do ferry boat. A passagem do ferry boat nós já compramos lá com a Blazing Saddles na hora de alugar as bikes, é o mesmo preço que comprar na hora – $12 usd por pessoa.

Golden Gate

Sausalito

De volta a San Francisco, devolvemos as bikes lá no Pier 39 e ainda encontramos energia para dar uma voltinha pelas lojinhas por lá!

No próximo vlog a gente vai passear mais pelo Pier 39, ir até as Painted Ladies e andar pelo Golden Gate Park!

Paula Belotti

Vive em São Paulo, é casada e tem uma gata-filha chamada Marie ♥ Moda, beleza, viagens, gatos, tech, papelaria, sorvete, sushi e blueberries, mas não tudo junto.

«

»

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




No Instagram 📸 @paula_belotti